Amar o amor…

Em meio a tantos pensamentos, em grande maioria buscando o auto-conhecimento, me deparo com essa frase… AMAR O AMOR…

Ela se inseria em um contexto onde podemos amar o amor, o sentimento, mas não necessariamente uma pessoa em função disso…

Pois bem, daí resolvi aprofundar o pensamento:

Amar o sentimento do amor… ou seja, na minha interpretação, adoramos nos sentir amando… a sensação que amar causa é sensacional. Deixa esfuziantes nossas almas e nos dá uma carga de energia fora do comum. Dirão que algumas drogas também dão… e não estarão errados…

Não poderemos considerar o amor como sendo uma droga, pois, em sua essência, é o que há de mais puro em matéria de sentimento. E aí excluiremos sexualidade, paixões, excentricidades, etc… Mas, podemos dizer sim, que o amor em demasia pode nos causar efeitos colaterais…

Peraí, tu tá querendo me dizer que amar é um sentimento puro, mas, que em excesso é uma droga?

Peraí, tu tá querendo me dizer que amar é um sentimento puro, mas, que em excesso é uma droga?

Exatamente. Afinal, tudo o que é em demasia não é bom… E não levem aqui em consideração o amor transcendental, altruísta, coisa de avatares excelsos e não de reles aprendizes como no nosso caso. O que tento dizer é que o sentimento de amor por alguém, ou a nossa paixão e vontade exacerbada em amar pode causar constrangimentos e sufocamentos. É preciso amar com moderação. Desculpe-me sr. Renato Russo, mas Não é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã… é preciso amá-las sim, mas com o conhecimento que o amor é eterno, mesmo em estágios diferentes dele.

Não estamos aqui discutindo o verbo amar e todo o significado transcendental dele, lembrem-se que estamos falando em amar o amor. Ou seja, nossa vontade, perseguição e, as vezes, obsessão em conseguir o amor…

Amar simplesmente? Ou amar sendo amado. Amar altruisticamente? Ou amar em toda a plenitude do “dar e receber” (sem conotações engraçadinhas, por favor)?

Qual o tipo de amor que você ama?

Cuma?

Cuma?

Pois é, para amar o amor, você tem que ter estipulado em você mesmo a forma que você sabe amar… o que é amar para você? O que é estar envolvido nesse sentimento?

Ama-se fazendo caridade, por exemplo, mas, em um amor íntimo, caridade é a última coisa que o outro lado espera de você motivando a estar com ela…

Complicado esse troço, hein? Votecontá!

Complicado esse troço, hein? Votecontá!

Pois é…

seria melhor entender que a caridade é um ato de amor, mas, não é o amor em si… existem vários atributos que podem “identificar” quando uma pessoa ama de verdade… mas, isso é extremamente variável entre o que você acha que alguém deve fazer para te demonstrar amor, e o que a outra pessoa acha que está demonstrando e você nem percebe…

Pode-se agir de diversas formas e, ainda assim, as visões serem completamente diferentes a cada um…

Algumas pessoas precisam que a outra ajoelhe-se, implore, dê presentes, abra porta do carro, etc e tal… enquanto outra, simplesmente vai sacar que você a ama com um simples olhar…

E aí, meu amigos, é o que eu digo. Sentir a situação, compreender os sentimentos cabe muito mais ao nosso refinamento psicológico do que podemos simplesmente esperar das outras pessoas… o amor é um sentimento dualístico, que envolve compreensão, sentimento e, sobretudo, a intenção de quem o pratica. Ou seja: não interessa o que a pessoa faz, o fato dela estar fazendo o máximo que pode, pode ser sim, um ato de amor… mesmo não correspondendo as suas expectativas… o que pode simplesmente gerar a hipótese de que existe o amor entre essas duas pessoas, mas, eles não são compatíveis…

Ok querida, acho que devemos maneirar um pouco no quesito sexo...

Ok querida, acho que devemos maneirar um pouco no quesito sexo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s