Executivo ou alternativo?

Ouvi outro dia, de um grande amigo, que uma hora a pessoa tem que escolher se quer ser executivo ou alternativo…

É um excelente conselho, afinal, posicionar-se na vida é o início de qualquer caminhada, ou seja, definir o que se quer DE FATO na vida…

Mas, é claro, por outro lado, a minha genética me leva a questionar tudo na vida, até porque, como costumo dizer por aqui, para incorporar o conceito, deve-se primeiramente assimilá-lo.

Pois, o que seria escolher entre alternativo e executivo?

Comecemos definindo um e outro…

e.xe.cu.ti.vo
(z), adj. 1. Que executa; executor. 2. Que está encarregado de executar leis. 3. Relativo a execução. 4. Decisivo. S. m. 1. O poder executivo; o governo de um país; um dos três poderes do Estado democrático. 2. Neol. Pessoa que ocupa uma posição de responsabilidade administrativa, de diretoria ou de gerência, numa organização comercial, industrial ou oficial. executor (z… ô), adj. Que executa. S. m. Algoz, carrasco, verdugo.

al.ter.na.ti.vo
adj. 1. Que alterna. 2. Que se diz ou faz com alternação. 3. Que permite escolha. 4. Diz-se de um movimento de vaivém.

Vejam só, certamente o meu amigo, quando tentava me aconselhar, não fazia ideia, provavelmente, do que dizia. Ou melhor, acho que sim, afinal, a figura de um executivo todos sabem como é: aquele Yuppie de terno, gravata e com semblante sério para passar confiança, afinal, quem ri muito é um fanfarrão…

Por outro lado, um alternativo, vêm a mente aquele “bicho-grilo”, que fala gíria, usa miçangas, provavelmente maconheiro, e que se tiver mais de 45 anos foi hippie… certo?

Não é o que o nosso amansa-burro diz…

Notem que, não por acaso, o termo executivo nos remete à governo, mas também a algoz, carrasco…

O termo também nos leva a “Pessoa que ocupa uma posição de responsabilidade administrativa, de diretoria ou de gerência, numa organização comercial, industrial ou oficial.”, que é o mais usado no mercado de trabalho atual. Mas, as terminologias não incluem caracterização do “personagem”.

Certamente, dependendo do ramo em que se trabalha, algumas TENDÊNCIAS são seguidas, por exemplo: advogados invariavelmente usam terno e gravata, enquanto dificilmente veremos um estivador usando isso.

“óbvio que não”, me dirão, afinal, um estivador é trabalho braçal e cargos administrativos devem ter uma postura mais formal para impor respeito e blablabla. E eu até concordo, mas, insisto em dizer que competência não é medida pelo grau de clichê que você é para o mercado.

Veremos o tipo “terno e gravata, com o toque de celular de campainha de telefone normal (ou qualquer uma que não seja musical e que possa dizer algo sobre você e sua personalidade fora do “cargo”), olhar sério, poucos sorrisos, fala rebuscada e imponência no timbre de voz – afinal, você tem um certo poder, não é? -” em altas posições empresariais, enquanto os demais, só poderão ser reverenciados sem necessitar desta “montagem” toda no caso de ser um Steve Jobs. Pois bem, vejamos que o próprio Jobs foi considerado um “alternativo” sempre. E, como o próprio termo nos remete, alguém que PERMITE ESCOLHA.

Temo em informar que as pessoas que MUDAM O MUNDO, são os alternativos, porque seguir e executar um sistema tão falho quanto o nosso, realmente é tarefa que requer estômago, e, hoje em dia, são poucos os que têm para tal.

Pois eu não creio que devamos escolher entre executivos e alternativos, pois, fundamentalmente, o papel de um administrador, de alguém que gerencia e dirige empresa é JUSTAMENTE buscar alternativas. Ser alternativo é ser solucionador de problemas. É buscar algo fora do lugar-comum. É tentar algo que ninguém tenta porque tem medo de sair do convencional. Requer CORAGEM!

Insisto em dizer que não diminuo aqui o papel do executivo, apenas acho que as coisas não são exclusivas, e sim, unidas. Somemos competências. Executemos nossas alternativas, alternemos nossas execuções. TODOS TEMOS ALTERNATIVAS. Todos temos escolhas na vida. Afinal, são elas que nos diferenciam dos demais, pois de resto, somos todos RIGOROSAMENTE IGUAIS.

Simples assim.

Mensaleiro? Eu EXECUTO! E não interessa se a gravata é italiana ou não…

Sai pra lá seu HIPPIE!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s