Metas e objetivos

As leis da administração e seus pensadores determinam que o sucesso, invariavelmente, passa por definição de metas ou objetivos. Ou os dois, ou coisas que os valham…

Já, a linha mais “bicho grilo” diz que tudo se inicia nos sonhos. Ah, sonhar…

Há os que digam que, entre o sonhar e o realizar, é necessário que se acorde antes. Sim, acordar. E, caso ainda não tenha lido, o post anterior define bem o que eu penso sobre o assunto, já que não pretendo agora voltar ao assunto.

Sonhos, para alguns, são o início de fato de tudo. O ponto de partida. E, se olharmos pelo prisma de que somos todos energia, que atraímos ou repelimos coisas, tal qual um magneto (não o grisalho do X-Men), podemos afirmar que o sonho é a formação da realidade, a modelagem da coisa.

Há linhas esotéricas (ou não) que abordam as “formas pensamento“, ou “egrégoras“, que nos dizem que o pensamento simples ou coletivo pode gerar algo real (ou não) em um plano etéreo. Complicado, não? Totalmente.

Pois bem, todas estas formas que criamos e, que de alguma forma viram entidades com vontade própria, passam a fazer parte de nós de alguma forma. Sim, criamos a “coisa” e as armazenamos mesmo que inconscientemente em algum canto. Também, abrindo mais o leque, há quem diga também que muitas entidades dogmáticas (tipo anjos e demônios, por exemplo) possam ser formas pensamento ou egrégoras de um pensamento coletivo. Há inúmeras referências em livros religiosos sobre o assunto e fiéis que alimentam e aumentam essas entidades com suas energias. Bem, mas isso tudo é totalmente discutível e, tanto para crer nessa coisa toda quanto para criá-las, o elemento é o mesmo. Fé.

Fé poderia ser descrita como um tipo de fluído corpóreo, invisível (pelo menos por enquanto) que condensa o que há de melhor em cada um. E, tal qual produzimos hormônios, também produzimos fé. Como entendo bulhufas de biologia, isso pode ter sido uma afirmação ridícula pela visão de alguns.

Mas, juntando tudo o que foi escrito acima, tentando ordenar toda esse monstrengo, podemos dizer que sim, temos matéria para criar nossas metas e objetivos dentro de nós mesmos. E não é aquela coisa de “O segredo” ou similares, é coisa que a física quântica já começa a provar. Teorias que dizem que somos todos feitos da mesma energia, no nível mais subatômico, que diz que essa mesma energia que está em nós, nos espaços entre nós, está em todo o Universo. O que reforça a teoria do “Todos somos um”.

Meus amigos, estamos em uma época em que começamos a nos dar conta de que somos máquinas subutilizadas. Temos funções que nunca usamos, mas simplesmente porque não viemos com manual. A realização de cada um inicia com a mentalização. A mentalização cria a forma e “encomenda” o material necessário. Nosso corpo se programa inconscientemente para atrair tudo o que for necessário para realizar o que foi mentalizado. E, se essa mentalização não for vaga, se ela estiver em consonância com tudo o que você é, certamente a energia que existe em cada um de nós irá contatar com suas afins e o resultado irá começar a acontecer.

Simples, não?

NÃO, nem um pouco…

Estar em consonância conosco e com tudo o que nos cerca é tarefa para poucos… afinal, se somos todos células de um imenso corpo (como nos diz a teoria do “Todos somos um“), é normal que outras células estejam doentes, mortas ou mesmo infectadas com algo que nos faz mal. Extirpá-las? Nunca… curá-las é o correto, afinal, faz parte de nós.

Não, não bebi e nem usei nenhum alucinógeno para escrever este texto. Apenas juntei muito do que li e usei da nossa velha amiga de sempre, a sinapse, para tentar organizar. Mas, é claro, vocês não precisam acreditar em nenhuma palavra do que está por aqui. Façam suas próprias pesquisas e me desmintam. Fiquem a vontade. A casa é de todos.

Se a legenda do vídeo estiver em inglês, clique em “CC” e ajuste para português.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s